Santa Casa monta ala para atender pacientes com suspeita de Covid-19

Leitos de UTI equipados no Bloco exclusivo para atendimentos do COVID-19 – Foto: Assessoria Santa Casa

8 leitos de UTI e 24 leitos de enfermaria vão ser ocupados exclusivamente por quem tem sintomas da doença

 

A Santa Casa de São Carlos montou uma ala no hospital para atender pacientes com suspeita de COVID-19. São 32 quartos no total. Desses, 24 são leitos de enfermaria, para os casos menos graves, mas que necessitam de internação e 8 são leitos individualizados de UTI, com antessalas para que o paciente fique isolado dos demais.

 

Agora, o paciente que chega com sintomas de Coronavírus à Santa Casa e é diagnosticado com Síndrome Aguda Respiratória Grave, fica acomodado, num primeiro momento, na Sala Vermelha do Pronto-Socorro do hospital. Lá, ele passa por exames, como tomografia e é avaliado por um infectologista. Caso ele tenha que ser internado, o paciente é encaminhado para essa nova ala.

 

Os quartos foram montados com a estrutura já existente na própria Santa Casa e com a ajuda do Hospital Universitário, que emprestou alguns equipamentos. A prefeitura também vai ajudar no custeio mensal desses novos leitos.

 

Para que todo esse bloco do hospital fosse estruturado para receber os casos com suspeita de Coronavírus, os pacientes que ali ficavam foram distribuídos por outros setores da Santa Casa. “As cirurgias eletivas também foram suspensas. Apenas as cirurgias de emergência e as cirurgias cardíacas e oncológicas – cuja suspensão poderia levar a riscos grandes aos pacientes – foram mantidas. E nós temos acompanhado a demanda todos os dias. Conforme o surgimento de casos, sejam suspeitos ou confirmados, podemos mudar essa estrutura e reorganizar os leitos, se houver necessidade”, explica o médico e infectologista e diretor técnico da Santa Casa, Vitor Marim.