São Carlos decide que máscaras não são mais obrigatórias em locais fechados

Panone preside comitê

O Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus de São Carlos se reuniu na manhã desta sexta-feira (18/03) com representantes da Secretaria da Saúde, do Comitê Científico, do Departamento de Fiscalização, Segurança Pública e Procon para discutir a deliberação do Governo do Estado de São Paulo que liberou do uso obrigatório de máscaras em ambientes fechados.


Os membros do Comitê de São Carlos, após analisar os números da COVID-19 na cidade e os índices da vacinação, decidiram seguir o Plano SP, portanto o uso de máscaras em locais fechados não é mais obrigatório, com exceção do transporte público e seus respectivos locais de acesso (terminais de embarque e desembarque) e nos locais destinados à prestação de serviços de saúde, como unidades de saúde, hospitais e consultórios médicos.


“O uso de máscaras deixa de ser obrigatório e passa a ser recomendável para ambientes fechados. Entendemos que as pessoas imunossuprimidas e com comorbidades, mesmo que completamente vacinadas, devem continuar usando, principalmente em ambientes com aglomerações. As escolas, o transporte por aplicativo, as academias e o comércio não precisam mais exigir o uso, porém cada local pode estabelecer as suas regras”, explica Luís Antonio Panone, coordenador do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus.
Em São Carlos 94,13% da população já está vacinada com pelo menos uma dose, 84,60% com as duas doses e 54,07% com as três doses. No total já foram aplicadas 592.461 doses das vacinas contra a COVID-19.


O Decreto Nº 84 que dispõe a nova disciplina para o uso de máscara de proteção facial e que revoga o Decreto Nº 182 já foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (18/03). Confira no site da Prefeitura de São Carlos no link http://www.saocarlos.sp.gov.br/images/stories/diario_oficial_2022/DO_18032022_1922.pdf