São Carlos deve começar a vacinar 21,5 mil crianças contra a COVID a partir de amanhã

A vacinação infantil contra a COVID-19 deverá começar amanhã, dia 18, em São Carlos. Ontem, 16, o município recebeu as primeiras 1.060 doses de imunizante da Pfizer. Essas doses vão ser administradas em todas as crianças indígenas, quilombolas, em 27% daquelas que tem comorbidades e 30% das crianças com deficiência.

A cidade deverá vacinar 21.554 crianças, destas 15.383 de 5 a 9 anos e 6.171 de 10 a 11 anos. A Prefeitura já treinou na semana passada os profissionais da área de saúde para a aplicação das vacinas.

Hoje, há uma lista de comorbidades que permitem uma criança ser vacinada. Veja quais são as doenças:  insuficiência cardíaca, cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doenças da aorta, grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, próteses e implantes cardíacos, talassemia, síndrome de down, diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos), anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Entretanto, para receber a vacina neste momento, os pais ou responsáveis terão que apresentar prescrição médica, exames, receitas ou relatórios que comprovem a necessidade.

Também é fundamental fazer pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br, isso ajuda a evitar filas e aglomerações no momento da administração das doses.