São Carlos inicia vacinação de pessoas de 40 a 44 anos com comorbidades

Vacinação prossegue

A vacinação acontecerá de forma escalonada para evitar longas filas e aglomeração

As pessoas de 40 a 44 anos com comorbidades e pessoas com deficiência permanente que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC) começam a receber a primeira dose da vacina contra a COVID-19 a partir desta segunda-feira (31/05), de maneira escalonada. Ao longo da próxima semana, em cinco locais de vacinação, os munícipes que integram este grupo especial serão imunizados de acordo com a idade, reduzindo dessa forma a possibilidade de aglomeração nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).


As pessoas com comorbidades ou que recebem BPC serão imunizados da seguinte forma:

  • Segunda-feira (31/05) para pessoas com 44 e 43 anos;
  • Terça-feira (01/06) para pessoas com 42 e 41 anos;
  • Quarta-feira (02/06) para pessoas com 40 anos;
    A imunização acontece nestes dias nas UBS’s do Cidade Aracy, Azulville, Redenção, Santa Felícia e Vila São José, sempre das 9h às 15h.
    Para ser imunizado, o munícipe precisa se cadastrar antecipadamente no site www.vacinaja.sp.gov.br e, no dia da vacinação, levar impresso o formulário de vacinação disponível no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/VacinaJa, o relatório médico de comorbidades preenchido pelo médico que trata o paciente (lista de comorbidades disponível no site http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/RelatorioComorbidades e documento com foto e CPF.
    As pessoas com deficiência permanente devem levar comprovante atual de recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) de assistência social.
    O Departamento de Vigilância em Saúde recebeu 4.250 doses do laboratório AstraZeneca/Oxford/Fiocruz. 112 doses são para pessoas com BPC de 40 a 44 anos, as demais para pessoas com comordidades nesta mesma faixa etária.

Outros grupos – A vacinação também continua para outros grupos prioritários em primeira e segunda dose, como idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, da educação e do transporte público coletivo (motoristas e cobradores). Estas categorias, mediante apresentação de documentação comprobatória, podem comparecer a qualquer um dos locais de vacinação para serem imunizadas, ou também nos postos volantes com sistema drive thru da FESC I e do Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de Oliveira “Luisão”, das 9h às 13h.


Os profissionais de saúde em primeira necessitam da carta de aprovação da Vigilância Epidemiológica (apenas para primeira dose) e os profissionais de educação e do transporte público coletivo, a entrega do impresso com o QR Code.


Já as pessoas que forem imunizadas em segunda dose devem apresentar apenas documento com foto e CPF e a carteira de vacinação.