São Carlos precisa de um shopping na Washington Luís

O momento da economia nacional é péssimo, todos sabemos disso, mas olhando para o mercado de shopping centers é público e notório que em São Carlos não seria uma loucura pensar que poderíamos ter um investimento deste tipo na Washington Luís, como acontece em Ribeirão Preto onde o Novo Shopping na confluência da Anhanguera com a Antonio Machado Sant´Anna (SP 330 e SP 255) se transformou num grande centro de compras e serviços. É evidente que não é possível comparar as economias das duas cidades, contudo a WL vive situação semelhante as estradas citadas. No trecho de São Carlos, a SP 310 se transformou numa marginal e isso poderia até impulsionar o movimento dessa praça de serviços.

Além disso, o ganho para São Carlos em termos econômicos seria acachapante, sobretudo com a injeção de milhares de Reais no município, bem como com a geração de empregos, renda e também a efervescência cultural que um shopping poderia acrescentar a São Carlos se estivesse bem localizado. Ainda podemos adicionar ao raciocínio a possibilidade de um forte crescimento imobiliário na região do empreendimento. Tudo isso vira dinheiro e emprego.

Ao longo do tempo, obtivemos informações nos últimos anos de que empresas sondaram áreas para se estabelecer em São Carlos, sobretudo entre o trecho da Getúlio Vargas até as imediações da UFSCar, contudo não sabemos dizer se o alto preços dos terrenos foi o maior empecilho para isso. Todavia, se uma empreitada dessa se concretizasse, esse novo centro de compras fatalmente lideraria o mercado de varejo são-carlense justamente porque estaria numa localização privilegiada e angariaria clientes de todos os locais.

Um exemplo de investimento na WL consolidado é a Havan. Apesar do dispositivo de acesso ser ruim, o que deve ser resolvido em breve com a união dos empresários e apoio da Prefeitura, a loja que tem um nome importante no cenário do varejo brasileiro usufrui de sua localização privilegiada na rodovia justamente para obter mais clientes que passam pela cidade via Washington Luís.

Talvez, o maior problema no momento para que São Carlos não consiga investimentos consideráveis nessa área seja que a cidade tenha deixado de ser atrativa visualmente para o investidor. Por anos, São Carlos ficou muito suja, hoje é possível ver que deu uma melhorada, contudo as ruas continuam esburacadas, a iluminação pública é precária e o plano de desenvolvimento municipal parece ser bem fraco.

O papel da Prefeitura nesse tipo de possibilidade seria o de se tornar uma espécie de imã para buscar galgar o investimento. Em determinados momentos, é fundamental ousar e começar a buscar alternativas para fazer com que a economia municipal seja incrementada em todos os setores. Pensar em desenvolver a cidade significa dotar o espaço de equipamentos público que funcionem e atendam o cidadão, contudo o papel da Prefeitura deve ir além e pensar em investimentos ou como atraí-los deveriam (ou deve) estar na mesa de trabalho do prefeito diariamente.

Não é loucura achar que a cidade comportaria outro shopping, loucura seria se contentar com somente o que temos atualmente.

Renato Chimirri