São Carlos produz filme infantil que estimula o amor pelos livros

Filme produzido em São Carlos

A Rocambole Produções concluiu no dia 25, em São Carlos a etapa de animação stop motion do filme “Teca e Tuti em: Uma Noite na Biblioteca”. O longa-metragem apresenta a pequena traça Teca e seu ácaro de estimação Tuti em uma noite cheia de aventuras e descobertas na biblioteca. Um filme animado que busca valorizar a leitura, o amor aos livros e a preservar nossas histórias. O filme conta com o patrocínio da Petrobras, BNDES e Sabesp através da Lei do Audiovisual – ANCINE e das empresas Jundu e Lupo pelo PROAC ICMS do Governo do Estado de SP.

Estimulada pelo sucesso do curta-metragem “A Traça Teca”, produzido como projeto de graduação do curso de Imagem e Som da UFSCar em 2002, a empresa  seguiu no desenvolvimento do longa e em 2011, deu início à pré-produção.

Ao longo de 2012 e 2013, a produtora investiu na contratação de equipe para construção de cenários, bonecos e na montagem das cenas que começaram a ser animadas em junho de 2013. Após 8 anos dentro de um estúdio, em cenários formados por livros, carretéis de linhas e outros objetos gigantes, os mais de 15 bonecos ganharam movimentos e ações para contar a história nas habilidosas mãos dos animadores. A técnica escolhida foi o stop motion, em que os bonecos ganham vida através de longas sequências de fotografias. Para Eduardo Perdido, diretor e também o principal animador do filme, “não foi fácil dar conta de tantas cenas, mas  ver o filme ganhando vida no final do dia empolgava para dar continuidade ao trabalho.”

Ao longo dos anos a equipe teve que vencer muitas  dificuldades  e a produção da animação tomou um tempo bem maior do que o esperado, mas sempre buscando soluções criativas para garantir a continuidade dos trabalhos e manter a qualidade das cenas. O longa chega agora em sua última etapa de produção. “O apoio e compreensão dos patrocinadores foi fundamental, principalmente da Petrobras, que entendeu as dificuldades e principalmente a relevância do projeto e se manteve firme ao nosso lado em um dos momentos mais complicados da produção.”, conclui Tiago MAL, produtor e um dos diretores do filme.

O projeto conta também com outras técnicas de animação e filmagem. “Estamos muito perto de terminar todas as cenas animadas do filme, mas a pandemia impôs o grande desafio de encontrar o momento correto para que, com os devidos protocolos,  seja seguro realizar as cenas com atores em locações ”,  ressalta o produtor e diretor Diego M. Doimo.

Saiba mais em www.tecaetuti.com.br