São Carlos segue Plano SP e libera uso de máscaras em ambiente aberto

O Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus de São Carlos se reuniu na manhã desta quinta-feira (10/03) com representantes da Secretaria da Saúde, da Segurança Pública, Comunicação, Procon e do Comitê Científico. A pauta da reunião foi a decisão do Governo do Estado que anunciou a liberação do uso das máscaras em qualquer ambiente aberto.


O Comitê, após analisar a curva epidemiológica que mostra a diminuição no número de casos positivos de COVID-19 em São Carlos, de internações, de óbitos e o índice elevado de pessoas vacinadas no município, decidiu seguir o Plano SP, portanto o uso de máscaras em locais abertos não será mais obrigatório.


O uso da proteção continua obrigatório no transporte público e em todos os ambientes fechados de acesso público, como salas de aula, comércio (lojas, farmácias, supermercados, shoppings, escritórios), igrejas, hospitais, academias, entre outros.


“Analisamos o relatório do Comitê Técnico que foi favorável quanto a retirada da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos e sem aglomerações, porém ressaltamos que as pessoas imunossuprimidas, com comorbidades ou qualquer sintoma gripal, devem manter o uso de máscaras mesmo nos ambientes abertos. Os demais protocolos sanitários devem continuar sendo cumpridos como a higienização das mãos, álcool gel a 70% e evitar aglomerações. A nossa decisão também foi fundamentada na vacinação. Em São Carlos 93,83% da população já está vacinada com pelo menos uma dose, 83,53% com as duas doses e 52% com as três doses”, ressaltou Luís Antonio Panone, coordenador do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus.


O decreto, nº 71/2022, que altera o dispositivo do decreto anterior de nº 182, de 6 de maio de 2020, já foi assinado pelo prefeito Airton Garcia e publicado em edição extra do Diário Oficial do Município desta quinta-feira (10/03).


Ano passado 24 estabelecimentos foram multados em São Carlos pelo não uso ou uso inadequado de máscaras em ambiente interno, totalizando R$ 168 mil. 10 pessoas também foram multadas por circularem em ambiente aberto (vias públicas) sem máscaras, o que corresponde a R$ 5 mil.