São Carlos tem sua iluminação pública renovada em projeto da CPFL Paulista em parceria com a Prefeitura

A iluminação pública de São Carlos está renovada. Entre fevereiro e outubro deste ano, a CPFL Paulista instalou 11.312 luminárias LED nas ruas, avenidas e praças da cidade. A ação, desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal, teve investimento de R$ 8,7 milhões por parte da distribuidora de energia.

A estimativa da CPFL Paulista é que os novos pontos de iluminação, quando somados, representarão uma economia de 6.315,7 MWh ao ano, o que equivale ao consumo médio de 2.664 residências no mesmo período. A energia economizada evitará a emissão de 670,28 toneladas de CO2 na atmosfera, o que corresponde ao plantio de 4.220 novas árvores.

“Trata-se de um projeto importante, que já está beneficiando toda a população de São Carlos e os visitantes que a cidade recebe. Escolhemos São Carlos pela histórica parceria que temos com o município e pela sua importância na nossa área de concessão”, destaca Roberto Sartori, presidente da CPFL Paulista.A nova iluminação traz economia aos cofres municipais e maior segurança à população. Isso porque as lâmpadas com tecnologia LED são mais eficazes na iluminação, duram mais e consomem menos energia. “É um ganho na iluminação pública, uma melhoria na segurança e uma economia para o município”, comenta Airton Garcia, prefeito de São Carlos.  

“Investimos em melhorias para acompanhar o crescimento do município. Queremos entregar uma energia cada vez mais robusta, econômica, eficiente e sustentável. Temos alcançado resultados muito positivos e vamos seguir aportando recursos nessa área tão importante para os moradores e para o planeta”, afirma Felipe Henrique Zaia, gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia.

Vídeo institucional. Assista neste link ao vídeo produzido pela CPFL Paulista com o impacto das melhorias na iluminação pública de São Carlos.

CPFL nos Hospitais. Além da modernização da iluminação pública de São Carlos, a CPFL Paulista implantou ações que beneficiaram unidades de saúde da cidade. Inaugurada em setembro deste ano, a nova usina solar fotovoltaica da Santa Casa de São Carlos teve investimento de R$ 2,1 milhões, feitos pela CPFL. O sistema de captação de energia solar teve 1.273 placas fotovoltaicas instaladas, sendo 107 delas na Maternidade e 1.166 na Santa Casa.A CPFL também investiu R$ 511 mil na substituição de 314 lâmpadas por LED e instalação de duas usinas fotovoltaicas de 54,6 kWp e 80 kWp no Centro Municipal de Especialidades (CEME) e na UPA Vila Prado, respetivamente.Para o ano de 2022, a CPFL ainda prevê o investimento de R$ 530 mil em usinas fotovoltaicas nas unidades da UPA Cidade Aracy, UPA Santa Felícia e UBS Azulville.
Sobre a CPFL Energia. A CPFL Energia, há 109 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.Focada em uma forma mais sustentável de produzir energia, tem na CPFL Renováveis uma das maiores empresas de geração da América Latina a partir de fontes alternativas, com um portfólio baseado em fontes limpas como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Em geração é a terceira maior agente privada do País, com capacidade instalada de 4.303 MW.Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.