São Carlos vive o momento mais complicado da pandemia de COVID-19

Novos resultados/Acácio Pinheiro

São Carlos tem 81 mortos por COVID-19 e taxa de ocupação de leitos de UTI para a doença em 60,7% no global, segundo a Prefeitura. Ontem, o Hospital Universitário confirmou que há dois dias seus leitos para a pandemia na UTI estavam 100% preenchidos e ainda tem gente achando que o COVID-19 é um vírus mentiroso e que a pandemia é uma brincadeira. O fato é que estamos no pior momento da doença na cidade e isso é muito grave.

Não importa em nada se hoje passamos pela fase vermelha, amarela, azul, roxa, lilás ou verde do tal Plano SP do governo do Estado, o momento atual é o de você com sua consciência, ou seja, aumente os cuidados, não aglomere, use máscara, evite contato com idosos de maneira desnecessária, a própria chefe do HU já disse ontem que as festas de final de ano estão refletindo de maneira pesada na cidade, o que mais é preciso acontecer para que as pessoas acreditem que o Coronavírus ganhou muita força por aqui?

Um outro dado que chama a atenção: praticamente confirmamos mais de 100 casos todos os dias através da testagem. Somente no dia de ontem foram 107, outro dia 125, em outro 167 confirmações e muitas pessoas ainda preferem aglomerar em esquinas e beber uma cerveja com os amigos, pois bem, a combinação de cerveja e aglomeração poderá lhe render uma internação. Rimou, né?

Aqui também faço um exercício com você que está lendo o texto: antes a COVID era uma doença onde você ouvia alguém distante falar que o fulano teve, hoje você sabe quem teve, quem tem, para onde foi e se, infelizmente, morreu. Gente, isso é uma prova cabal de que a epidemia está forte e que devemos nos cuidar. Não é possível que as pessoas não entendam isso!

Outro ponto que acho ridículo é tentar forçar a volta das aulas neste cenário de aceleração das infecções. Fiquei feliz em ver a maioria dos pais dizendo que não deixarão seus filhos voltarem enquanto um contingente grande de pessoas não for vacinada, acredito que os genitores é que vão dar uma dura resposta ao governo Doria que comete esse erro.

Atualmente são quase 7 mil casos (6931) e hoje devemos ver isso aumentar consideravelmente, as mortes estão se acumulando e nós mesmos não sabemos mais o que fazer, enquanto políticos brigam para ver quem será o pai da vacinação, justamente no país onde se tem o melhor e maior programa de vacinação pública do planeta, uma vergonha sem tamanho.

Uma das pessoas que mais tem batalhado para mostrar os perigos da pandemia é o professor Bernardino Alves, infectologista da UFSCar. Ele tem sido uma voz destoante de tudo o que vemos, sempre mostrando que a situação em São Carlos não está tranquila. Quando andamos nas ruas parece que vai tudo bem, tudo normal, mas não! O Coronavírus é um inimigo invisível e que deixa sequelas, portanto se você puder, se proteja e evite aglomerações no pior momento da pandemia, somente ontem, mais de 1200 mortes em 24h e vale lembrar, as outras doenças continuam matando, portanto se não controlarmos a COVID-19 a tendência é de que o atendimento as demais enfermidades fique ainda mais precário, só um mal intencionado não percebe isso.

Renato Chimirri