Secretaria da Saúde de Ibaté pede que população continue tomando cuidados contra a dengue

Embora todo o foco da população esteja em torno do novo coronavírus
[Covid-19], a Secretaria Municipal da Saúde de Ibaté faz um alerta para
que todos continuem vigilantes no sentido de evitar a proliferação do
mosquito Aedes Aegypti, causador de doenças como a dengue, zika,
chikungunya e febre amarela.

De acordo com os dados da Vigilância Epidemiológica do município, até
esta sexta-feira (16), a cidade registrava 93 casos notificados de
dengue, sendo 19 positivos, 69 negativos e 05 aguardando resultados.
A secretária adjunta de Saúde, Elaine Sartorelli Breanza, ressalta que a
ação e atenção devem ser constantes. “Evitar espaços de vida para o
mosquito é a ação mais assertiva de prevenção à dengue e outras doenças.
Romper com o ciclo de vida do Aedes aegypti é a solução para evitar que
os vírus das doenças proliferem. Por isso, mesmo com essa pandemia de
coronavírus que o mundo atravessa, pedimos os cuidados da população em
suas próprias residências. Todos sabem como devemos proceder pra evitar
os criadouros”, afirmou ela.

Além de esvaziar espaços e recipientes com acúmulo de água, é importante
escová-los com água e sabão para eliminar os ovos que ficam grudados.
“Os ovos podem resistir a condições adversas por mais de um ano e quando
ficam submersos a larva eclode”, explica a secretária.

Ela lembra que a proliferação do mosquito é altamente evitável, se todos
tomarem os cuidados necessários. “A dengue é uma doença totalmente
evitável. Se todos fizessem a sua parte, eliminando os criadouros do
mosquito, não teríamos sequer casos da doença”, afirmou.

As principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:

•       Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
•       Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar
água;
•       Manter caixas d’agua bem fechadas;
•       Remover galhos e folhas de calhas;
•       Não deixar água acumulada sobre a laje;
•       Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez
por semana;
•       Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
•       Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
•       Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
•       Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
•       Acondicionar pneus em locais cobertos;
•       Fazer sempre manutenção de piscinas;
•       Tampar ralos;
•       Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
•       Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
•       Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados
semanalmente;
•       Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
•       Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem
esticadas para não acumular água;
•       Catar sacos plásticos e lixo do quintal.