Secretário defende isolamento social e diz que São Carlos não pode chegar aos 300 casos de Coronavírus

Secretário falou sobre o Coronavírus

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de São Carlos, João Muller, disse que as medidas adotadas pela Prefeitura como o fechamento de grande parte do comércio e o isolamento social estão corretas e são parte da estratégia necessária para se enfrentar o Coronavírus nesse momento, ele aproveitou para criticar empresários.  “Estou recebendo algumas postagens de grandes empresários desqualificando as ações de isolamento no município e outros no âmbito nacional, inclusive [os empresários] afirmam que são políticas do medo”, afirmou.

 

Ele aproveitou para usar da ciência e contrariar os argumentos dessas pessoas. “São 570 trabalhos científicos publicados nos últimos 90 dias de grandes cientistas, renomados médicos sobre a necessidade de isolamento até a descoberta da cura (remédio ou vacina). Países de primeiro mundo, com grande estrutura em pesquisas como China, EUA, Itália, França, Espanha, Reino Unido e etc adotaram o isolamento social, porque o Brasil, de 3° mundo, com grande vulnerabilidade social e nos serviços públicos contrariaria os técnicos e especialistas?”, questiona.

 

Em sua análise, todos tem o direito de se posicionar. “Na democracia precisamos respeitar opiniões, mas de forma racional discordamos e pontuarmos a nossa posição. Muitos desses que criticam as ações de isolamento, quando alguém da sua família estiver contaminado com falta de ar, pegará um helicóptero e irá para os melhores hospitais ao encontro de leitos de UTI, respiradores e renomados médicos para salvar um filho uma mãe, um pai. Enquanto isso, nós que somos homens públicos estaremos aqui, com poucos leitos de UTI, poucos respiradores, médicos doentes vendo o cidadão comum chegar e não ter a estrutura necessária para salvar um ente querido. São 25 leitos de UTI públicos e 44 privados. Poderemos sofrer agressões verbais, física e até, no extremo, perder vidas com a revolta social”, projeta.

 

Diante disso, Muller afirmou que a Prefeitura não esmorecerá no isolamento social. “Por isso, seremos rigorosos nas ações de isolamento social. Não podemos atingir a curva máxima dos casos de Coronavírus em São Carlos, ou seja, próximo de 300 pessoas precisando de internação, com estimativa de 26 mortes. A economia sofrerá uma forte queda e certamente se recuperará com apoio governamental. Sairemos mais forte desta crise e com uma visão mais humanizada, e quem sabe muitos desses que hoje se posicionam contra a preservação da vida tenham mudado de opinião e obtenham um respeito maior ao social”, finalizou.