Sem sala, usuária não consegue realizar exame ginecológico na UBS da Redenção

UBS com problemas

Uma mulher que é mãe e trabalhadora relatou um drama. Ela não consegue fazer seus exames ginecológicos na Unidade Básica de Saúde da Redenção. Segundo a jovem, a sala onde é feito o exame de Papanicolau está prejudicada, pois desde 5 de fevereiro que uma árvore caiu em cima da UBS e até agora o conserto não foi realizado, portanto, estamos há dois meses nessa situação.

A trabalhadora contou que seu caso é complicado. Ela não tem plano de saúde e diz que pelo SUS em São Carlos, via Prefeitura, a questão ginecológica é difícil e demorada.

De acordo com a paciente, faz cinco anos que ela não passa por exame (por conta de COVID, demora para marcar, não poder faltar no trabalho e outras doenças) e agora terá que pagar uma consulta, pois precisa atender essa demanda do seu corpo, afinal as mulheres não podem ficar sem fazer este tipo de procedimento, a saúde feminina necessita de acompanhamento. “Quando caiu essa bendita árvore na farmácia a situação complicou, há uma infiltração, entra água na sala de ginecologia e não se tem como fazer o exame, a farmácia está prejudicada, as pessoas tem que ir outros locais para conseguir remédio, agora não tem sala para fazer o exame justamente quando consegui marcar o procedimento”, conta.

A usuária perguntou: “Até quando a UBS ficará assim? Precisamos do conserto para que possamos retomar os exames que são tão difíceis e demorados para serem marcados!”

Fotos: Maurício Duch