Sesc São Carlos traz o grupo Conversa de Botequim, com releituras de sambas de vários compositores

Apresentação no SESC/Foto: Janaina Rodrigues

O show musical é no Galpão do Sesc, domingo, dia 3 de julho, às quatro da tarde e o ingresso pode ser retirado uma hora antes da apresentação

Conversa de Botequim

Sambas e outras bossas

Formado por músicos de São Carlos e Araraquara, o grupo Conversa de Botequim, na estrada há mais de quinze anos, faz releituras de sambas, por meio de sua evolução rítmica, harmônica e melódica, interpretados por distintos compositores e épocas. De Noel Rosa a Carlos Lyra, de Cartola a Chico Buarque, um show de resgate do gênero mais conhecido do Brasil.

O grupo existe desde 2007 com a intenção de aprofundar-se nas raízes da música brasileira, principalmente choro e samba. Estudam e trabalham em diversos segmentos de apresentações, pockets-show, shows temáticos, oficinas, shows dançantes, saraus e acompanhando grandes nomes da música brasileira.

Ao longo desses quinze anos, muitas apresentações em centros culturais e projetos em parcerias importantes aconteceram, nomes como o de Moacyr Luz dividiram palcos do Teatro Municipal de São Carlos e em alguns palcos de vários Sesc do interior paulista. Sempre em apresentações homenageando mestres do samba, como Paulinho da Viola, João Nogueira, Nelson Cavaquinho, Zé Keti, Nelson Sargento e outros nomes importantes da história do samba.

Na apresentação de domingo no Sesc está previsto o seguinte repertório:

Conversa de Botequim (Noel Rosa e Vadico)

E o juiz apitou (Wilson Baptista e Antonio de Almeida)

Febre de amor (Lauro Maia)

Dora (Dorival Caymmi)

Cabelos Brancos (Herivelto Martins e Marino Pinto)

Receita de Samba (Jacob do Bandolim)

Chiclete com Banana (Gordurinha e Almira Castilho)

Não quero mais amar a ninguém (Cartola, Carlos Cachaça e Zé da Zilda)

Senhora da canção (Nei Lopes e Claudio Jorge)

Em cada canto uma esperança (Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho)

Sorri de mim (Mauro Duarte e Walter Alfaiate)

Silêncio no Bexiga (Geraldo Filme)

Ditado Antigo (Toniquinho Batuqueiro)

Avenida Fechada (Elton Medeiros, Cristóvão Bastos e Antonio Valente)

O negócio é amar (Dolores Duran e Carlos Lyra)

O samba é meu dom (Wilson das Neves e Paulo César Pinheiro)

Quizomba, festa da raça (Luiz Carlos da Vila, Jonas e Rodolfo)

Sonho estranho (Moacyr Luz e Chico Alves)

Apesar de você (Chico Buarque)

Serviço:

Data: 3 de julho, domingo.

Horário: 16h.

Ingressos: Grátis. Retirada limitada a 1 ingresso por pessoa, com 1h de antecedência. Lugares limitados. Livre

Local: Unidade São Carlos – Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 – Jd. Gibertoni – São Carlos – SP