Sexta-feira 13: Bruxa explica como realiza seus trabalhos em São Carlos

Jéssica assume o título de bruxa!

Sexta-feira 13. Para muitos, um dia de sorte ou de azar, dia de superstições, de orações, de se colocar o espírito em ordem, de buscar o oculto e também de tentar saber sobre histórias curiosas que mexem com o sobrenatural de todos.

O tema bruxas sempre esteve ligado, particularmente, à sexta-feira 13 e durante a nossa jornada descobrimos que São Carlos tem uma bruxa de verdade, alguém que faz encantos, trabalhos, que lê tarô e também tem o contato com a mãe natureza e essas forças espirituais. Esse alguém é a Jéssica Vizioli, uma bruxa que atende pessoas e usa seu conhecimento deste tipo de arte para melhorar a vida de quem a procura.

Gentilmente, ela atendeu nossa reportagem e nos concedeu essa entrevista. Confira os principais trechos:

De que maneira você descobriu sua vocação para ser bruxa e como chegou a esse “título”?

Resposta: Descobri minha afinidade com a bruxaria natural em 2015, e desde então venho estudando e praticando as artes e desenvolvendo cada vez mais os dons, com ajuda de mentores que praticam e também estudam bruxaria e outras vertentes há mais tempo que eu. São referência pra mim, e sempre estão dispostos a me auxiliar nos estudos, principalmente meu estudo principal que é o Oraculo do Tarô. E o título, a princípio eu não era adepta, até me sentir segura de que realmente o era, e desde então amigos, familiares, clientes, me chamam por bruxa, e eu adoro!

Como uma bruxa, que tipo de trabalho você desenvolve? As pessoas procuram você?

Resposta:  As pessoas me procuram principalmente pelo Tarô como forma de autoconhecimento, e também para conselhos mais específicos. Ou para simpatias simples, rituais de prosperidade financeira, ou até mesmo responder curiosidades.

Hoje é sexta-feira 13, como as bruxas encaram essa data? Ela é especial para vocês?

Resposta: Toda sexta feira 13, carrega uma egregora (é como se denomina a força espiritual criada a partir da soma de energias coletivas (mentais, emocionais) fruto da congregação de duas ou mais pessoas) ‘de filme de terror’, vinculada também às bruxas. Acredito que a grande maioria aproveita esse egregora para atualizar rituais, altares e mexer seus caldeirões!

Hoje, em especial, temos uma Sexta 13 em Lua Minguante no signo de Escorpião, o que nos sugere uma reflexão mais profunda do que precisamos ou não nas nossas vidas. É como se a necessidade de eliminar o que não mais nos faz bem pesasse no dia de hoje com essas movimentações que estão no céu. E também, ressalto a importância de manter a cautela e os gatos pretos, nesse dia, protegidos de todas as formas. Pois em pleno século XXI, ainda há quem faça muita maldade para esses seres em datas como essa.

Quando você diz para as pessoas que é uma bruxa, como elas reagem?

Resposta: Algumas pessoas riem, e me perguntam a qual casa de Harry Potter eu pertenço! (Risos!)

Mas outras (em sua maioria), que entram em contato por indicação de outros clientes, admiram, questionam algumas coisas, pedem algumas dicas, marcam Tarô e acreditam na palavra da Bruxa.

Quais são encantamentos ou feitiços mais procurados pelas pessoas? Você pode descrever alguns dos seus trabalhos?

Resposta: A procura maior por aqui é o Tarô, todo mundo quer um conselho das cartas! Mas procuram também feitiços de banimento, ou feitiços para prosperidade financeira. Alguns pedem indicações de chás, para melhoria de saúde. Outros pedem banhos energéticos, é bem variado o leque de procura por parte das pessoas que veem até mim.

Como as pessoas podem lhe procurar para ouvir um conselho ou saber mais sobre sua magia?

Resposta:  Podem me encontrar pelo whats: (16)996399242 Ou pelo grupo Tarot da Jess. (No Facebook) AQUI O LINK!

Além dos feitiços, você também lê tarô? Que tipo de tarô você lê?

Resposta: O Tarô é uma herança familiar, que estudo com muito carinho e me aprimoro a cada dia. Trabalho com Tarô de Marselha,  Egípcio e Baralho Cigano.

É verdade que a magia pode ser usada para o bem e para o mal? Que tipo de conselho você daria para as pessoas interessadas em conhecer a magia?

Resposta:   É verdade sim! Tudo varia muito de acordo com a intenção. Parece clichê, mas as palavras e pensamentos tem muito poder. E devemos ser cautelosos. Procurem por pessoas mais experientes, alguns nomes no Instagram, ou até mesmo no Facebook, algumas páginas que são de confiança, como Oficina das Bruxas. Sempre pesquise as fontes de onde você tira as informações, não faça nada que você veja na internet sem antes conferir se é seguro. A magia está no ar e acessível a todos, mas a maldade também!

Por Renato Chimirri