Sindicalista reclama de demora no atendimento na Caixa Econômica Federal e cobra PROCON

Senha postada na internet

O Sindicalista Gilberto Rodrigues que é do Sindspam (Sindicato dos Servidores Públicos Autárquicos e Municipais) de São Carlos fez uma reclamação em suas redes sociais na tarde desta segunda, 11, sobre a demora no atendimento da Caixa Econômica Federal da Vila Prado.  “Estou aqui na Caixa Econômica Federal há mais de uma hora, dois caixas funcionando em dia de pico, em pleno 4º dia útil, e o pior, eu e diversos clientes estamos procurando o PROCON e a resposta é uma só: ‘Não podemos fazer nada, Não cabe a nós! Etc, etc, etc!”, reclamou.

Rodrigues prosseguiu seu desabafo querendo saber onde ele pode protestar contra a demora. “Alguém pode me dizer onde que se reclama em relação a esse absurdo? Pois eu sempre pensei que seria o PROCON, mas agora descobri que não é. Sabemos que a lei municipal 13606/05 determina que em dia de pico seja no máximo 30 minutos, mas não caberia ao órgão, no mínimo, verificar o que está acontecendo visto que está recebendo inúmeras ligações?”, questionou.

Gilberto Rodrigues afirmou que quer saber quem defende o consumidor se o PROCON, a PF ou MPF. Ele disse que nem o Estatuto do Idoso está sendo respeitado.