Sindicato está preocupado com a propagação do Coronavírus nas agências de São Carlos

Sindicato pede ajuda da Prefeitura

O Sindicato dos Bancários de São Carlos está preocupado com a propagação do Coronavírus nas agências da cidade. Eles pedem que a Prefeitura inclua a categoria dos bancos no decreto do prefeito Airton Garcia que disciplinou os serviços essenciais que podem funcionar durante a quarentena em função da pandemia.

Os sindicalistas alegam que desde 25 de março protocolaram ofício na Prefeitura pedindo ajuda do município para este caso, mas que até agora não obtiveram resposta sobre o pleito. Eles alegam que essa falta de disciplina promove aglomerações nas portas das agências, cenário propício para a propagação do Coronavírus.

O sindicato salientou que não quer fechar as agências, mas sim limitar e organizar o atendimento, o que conferiria uma proteção para clientes e também para os bancários.

De acordo com a entidade, em Matão e Araraquara os bancos foram incluídos no decreto pelas respectivas prefeituras, sendo que os trabalhadores estão alocados internamente nas agências organizando este atendimento.