Sujeira, buracos e falta de transporte podem afastar investimentos de São Carlos

Mochila no bueiro...

Um investidor de Bauru (aqui vamos manter o nome em sigilo) procurou o São Carlos em Rede para encaminhar uma mensagem desanimadora. Segundo ele, a sujeira e a falta de transporte público estão afastando investimentos de São Carlos. De acordo com o empresário, ele esteve em diversos bairros da cidade e constatou uma triste realidade: ruas esburacadas, vazamentos, sujeira em terrenos e também a crise no transporte público. O bauruense fez a seguinte pergunta para a redação: o que houve com São Carlos?

Pois bem, essa é uma pergunta que a Prefeitura deveria responder, pois está em suas mãos a missão de gerir a cidade. Nessa semana, com as dificuldades encontradas pelas pessoas para se locomover devido à falta de transporte público, empresários locais e comerciantes relataram que sentiram sistematicamente a queda em suas atividades, justamente pela falta de funcionários, aliada as questões elencadas, os empresários veem o povo passando por uma espécie de depressão.

Infelizmente, isso pode ter reflexos na economia da cidade, pois com uma região central mal arrumada, como a Baixada do Mercado, por exemplo, fica nítido que novos investimentos poderão escolher outras cidades para dar seu aporte e com isso São Carlos ver sua participação na economia regional despencar e isso se refletirá no emprego, na renda e também diretamente nos índices de violência.

Para se ter uma ideia do nível de sujeira em que se encontra São Carlos, numa grade de bueiro na manhã desta sexta, 2, uma bolsa repousava calmamente. Algo que foi jogado por algum porcalhão sem noção que está contribuindo para deixar a cidade feia e suja e ainda por cima ajudará a fazer com que as enchentes sejam ainda piores nesse setor do Parque da Chaminé. Enquanto isso, por onde anda a empresa que a Prefeitura iria contratar para limpar a cidade?