“Teia – Casa de Criação” oferece oficinas culturais gratuitas em São Carlos

Grupo Girafulô

Em parceria com os coletivos que participam da Entidade, encontros de brincadeiras e danças populares, maracatu, capoeira e dança acrobática acontecem semanalmente.

Em São Carlos há mais de duas décadas a entidade Teia- Casa de Criação desenvolve atividades de produção e difusão de práticas culturais, artísticas e de formação coletiva, com experiência nas áreas de educação, cultura popular, arquitetura e meio ambiente. Neste ano realiza-se o Festival Teia 21 anos  que conta com diversas oficinas dos grupos que participam da entidade em diferentes espaços de São Carlos. Oficina de maracatu do baque virado com Associação Cultural Rochedo de Ouro ocorre às sextas-feiras a partir das 19h no Grêmio Recreativo e Familiar Flor de Maio. Oficina de brincadeiras e danças circulares com Girafulô e oficina de dança acrobática com AcroDança ocorrem às terças-feiras às 19h na Fundação Educacional de São Carlos (FESC – Campo do Rui). Oficina de capoeira com Associação de Capoeira Angola Mãe ocorre às segundas-feiras das 19h às 21h e às quartas-feiras das 08h às 10h na Teia- Casa de Criação. Todas as atividades são gratuitas e basta chegar no local de realização.

Associação Cultural Rochedo de Ouro

Um coletivo de coletivos. Cada coletivo, uma história.

Um dos coletivos que há mais tempo mantém parceria com a Teia- Casa de Criação é a Associação Cultural Rochedo de Ouro, que atua na cidade de São Carlos com a divulgação e o fortalecimento do Maracatu de Baque Virado por meio da vivência coletiva de sua música e dança. Chico Simões, quando chega no ano de 2000 em São Carlos, traz consigo o que aprendeu em São Paulo com Éder Rocha,  musicista pernambucano, batuqueiro da nação Estrela Brilhante do Recife. Batizado em 2003 com o nome Rochedo de Ouro na Fogueira de Xangô no Ilê Omoloko, o grupo realiza desde  então encontros em espaços públicos e vivências anuais com os Mestres Walter e Maurício. Nesses encontros abertos à comunidade, é onde se aprende a tocar instrumentos, dançar, cantar e ouvir uma diversidade de histórias.

Outro grupo atuante há muito tempo na entidade é o Girafulô, um grupo de prática e pesquisa em danças e brincadeiras das culturas populares. O grupo nasceu na cidade no ano de 2006, após uma oficina da educadora Vivian Parreira no Festival MACACO do Movimento Artístico e Cultural do CAASO. Desde então o grupo se encontra semanalmente e promove ensaios abertos para quem quiser vivenciar e aprender uma variedade de danças e brincadeiras.

E por falar em brincadeira, desde 2015 há o fomento da capoeira de Angola em São Carlos em parceria com a Teia- Casa de Criação. Em 1983 nasceu o grupo Angola Capoeira Mãe em Olinda/PE,  fundado e coordenado por Mestre Sapo, que faleceu em 2017. Um de seus alunos, herdeiro da tradição, é Guga Santos que começou a praticar Capoeira Angola com o Mestre Sapo em 1999 e com muita honra, alegria e responsabilidade trouxe a tradição do grupo para a cidade. Junto a ele, pessoas que tinham interesse na capoeira se reuniram para ter aulas e buscar aprofundar nos fundamentos, na movimentação e na musicalidade da Capoeira Angola, entendida como manifestação cultural, teatro, dança, brincadeira e prática educativa.

Dos grupos mais novos que mantêm parceria com a Teia- Casa de Criação está AcroDança. Iniciado em 2019 como uma oferta de aulas de participantes do grupo Retalho Coletivo, em pouco tempo se reconheceu como grupo autônomo que pesquisa  movimentos acrobáticos, dança contemporânea e dança/teatro.  Atualmente o grupo de pesquisa é formado por bailarinos não profissionais e os encontros procuram proporcionar a todas as pessoas a experiência da dança acrobática.

Para os quatro grupos que oferecem as oficinas durante todo este ano, poder retomar ao presencial é uma oportunidade para conhecer pessoas novas, fortalecer a cultura popular, incentivar a produção cultural de São Carlos e proporcionar diferentes experiências aos interessados.

Associação de Capoeira Angola Mãe de São Carlos

Serviços

Oficina de maracatu do baque virado com Associação Cultural Rochedo de Ouro ocorre todas às sextas-feiras às 19h no Grêmio Recreativo e Familiar Flor de Maio, localizado na Rua Padre Teixeira, 1733, Centro.

 Oficina de brincadeiras e danças circulares com Girafulô ocorre todas às terças-feiras às 19h na Fundação Educacional de São Carlos (FESC – Campo do Rui) localizado na Rua São Sebastião, 2828, Vila Ney.

Oficina de dança acrobática com AcroDança ocorre todas às terças-feiras às 19h na Fundação Educacional de São Carlos (FESC – Campo do Rui) localizado na Rua São Sebastião, 2828, Vila Nery.

Oficina de capoeira com Associação de Capoeira Angola Mãe ocorre todas às segundas-feiras das 19h às 21h e às quartas-feiras das 08h às 10h, na Teia- Casa de Criação localizado na Rua Antonio Botelho, 593, Vila Prado.

            Para mais informações teia@teia.org.br.

Este projeto foi contemplado pelo EDITAL PROAC EXPRESSO LEI ALDIR BLANC No 51/2021.

AcroDança