Tem como não amar o pôr do sol visto do Jardim de Cresci?

O fim de mais uma jornada

Em tempos difíceis é preciso olhar para o horizonte e ver a esperança de um novo dia saltando aos nossos olhos. Hoje, terça, foi mais uma jornada que se passou, mais um 30 de junho que serviu para novas vidas nascerem e para outras deixarem esse mundo. Nenhum dia é igual ao outro, nenhuma história é igual a outra, ninguém tem a mesma trajetória e muito menos vive emoções parecidas.

Somos instantes, somos oceanos de incertezas em meio a um mundo domado pela loucura, porque assim deve ser. O mundo não pode ser perfeito, não podemos cobrar nada daquilo que é o caos, mas podemos não deixar ninguém ir de nossa memória, para que essa pessoa nunca faça noite em nosso viver.

O dia se finda com esse por do sol clicado lá no Jardim de Cresci e aqui fica a certeza de que temos que celebrar aquilo que temos de mais precioso que é a capacidade de amar. Ame muito, ame hoje e não se esqueça de cuidar para que seu amor contagie toda a terra.

Até amanhã!

Renato Chimirri