Tundisi recebe medalha da Sociedade Internacional de Limnologia

José Galizia Tundisi é o primeiro pesquisador latino-americano a receber a Medalha Naumann-Thieneman, por sua relevante contribuição ao estudo de lagos, represas e rios das regiões tropicais e subtropicais e por sua contribuição à capacitação de recursos humanos na área

Aos 84 anos, José Galizia Tundisi, atual secretário Municipal de Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Econômico em São Carlos e presidente honorário do Instituto Internacional de Ecologia (IIE), é o primeiro pesquisador latino-americano a receber a Medalha Naumann-Thieneman, outorgada desde 1932 pela Sociedade Internacional de Limnologia (SIL).  O anúncio foi feito recentemente e o prêmio será entregue em Berlim, Alemanha, no dia 8 de agosto de 2022, durante reunião científica da SIL.

O prêmio destaca internacionalmente os cientistas que contribuíram decisivamente para o avanço da limnologia, que é o estudo de áreas alagadas. O prêmio foi outorgado ao professor Tundisi “pela relevante contribuição ao estudo de lagos, represas e rios das regiões tropicais e subtropicais e à excepcional contribuição à capacitação de recursos humanos nesta área”.

Para José Galizia Tundisi o prêmio representa o reconhecimento de um trabalho intenso em limnologia que foi feito nos últimos 50 anos no Brasil, nas Américas e em algumas regiões da África. “É o reconhecimento não somente do meu trabalho, mas o de dezenas de estudantes e pesquisadores que se dedicaram e desenvolveram estudos em lagos, represas e rios das regiões tropicais e subtropicais, levando a uma inovação na área. Inovação essa que consistiu na introdução de novas metodologias e abordagens que possibilitaram ampliar o gerenciamento e impulsionar, definitivamente, a capacitação de recursos humanos. A Medalha Naumann-Thieneman não é só minha, mas de todos eles”.

Com uma vasta e reconhecida trajetória como acadêmico e pesquisador, José Galizia Tundisi tem formação em História Natural pela Universidade de São Paulo (1962), mestrado em Oceanografia na University Of Southampton (1966) e doutorado em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo (1969).

Especialista em limnologia, gerenciamento e recuperação de ecossistemas aquáticos, José Tundisi recebeu inúmeros prêmios entre os quais se destacam as condecorações Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (1994), a Comenda Rio Branco (1996) e, agora, a Medalha Naumann-Thieneman. Internacionalmente é um nome importante na gestão de recursos hídricos.