UFSCar celebra conclusão da primeira turma de Residência em Clínica Médica

Representantes da Reitoria e do Hospital Universitário durante a cerimônia (Foto: HU-UFSCar/Ebserh)

Investimento da Instituição na residência contribui para assistência à população, para o ensino médico e para pesquisas em saúde


Na tarde da última sexta-feira, 26 de fevereiro, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realizou evento online de encerramento da primeira turma da Residência em Clínica Médica, que teve início em 2019. Os quatro médicos residentes receberam a certificação de conclusão que lhes conferiu o título de Especialistas em Clínica Médica. Além dos residentes e da Comissão de Residência Médica da UFSCar, a Reitora da Universidade, Ana Beatriz de Oliveira, e a pró-reitora de Extensão, Ducinei Garcia, também participaram do evento, que foi acompanhado por convidados e funcionários do Hospital Universitário (HU-UFSCar/Ebserh).


A Reitoria destacou a importância histórica desse momento para a UFSCar, que marca o avanço do programa do curso de Medicina e da sua contribuição para a rede de saúde do município de São Carlos: “Fico muito feliz em estar presente neste evento que marca o fim desse ciclo. Agradeço aos estudantes que confiaram na UFSCar para fazerem parte da primeira turma da Residência em Clínica Médica, desejo que se realizem na profissão e que sigam uma carreira defendendo a ciência e o Sistema Único de Saúde, em benefício da saúde da população”.


O Programa de Residência Médica da UFSCar foi planejado para o treinamento em serviço nos três níveis de atenção à saúde, é um Programa no qual o médico em treinamento adquire vivências e habilidades para cuidar de pacientes clínicos, conquistando independência e responsabilidade de forma progressiva. A maior parte das atividades é realizada no HU e alguns estágios ocorrem em serviços parceiros – Santa Casa de São Carlos e Unidades de Saúde do município -, sempre sob supervisão qualificada e integral, garantindo o cuidado seguro e eficaz ao paciente, bem como o adequado desenvolvimento técnico e humano, em ambiente pautado por diretrizes éticas e científicas. A duração do curso é de dois anos e foram ofertadas quatro vagas, com bolsas de residência concedidas pelo Ministério da Educação. 

Clínica Médica
Essa especialidade médica é dedicada ao diagnóstico, tratamento e reabilitação de adultos. O médico especialista nessa área atua em um amplo e abrangente espectro de cuidados no processo saúde-doença, sendo reconhecido como especialista em diagnóstico, tratamento de doenças crônicas e em promoção da saúde e prevenção de doenças, não estando limitado a um tipo específico de problema médico ou sistema. A conclusão da residência em Clínica Médica permite ao profissional a atuação como internista e a formação em outras especialidades clínicas que têm a Clínica Médica como pré-requisito. De acordo com Silvana Chachá, chefe do Departamento de Medicina da UFSCar e coordenadora da Comissão de Residência Médica da Universidade, os quatro médicos residentes dessa primeira turma decidiram complementar a formação e irão cursar programas de especialidades clínicas (Gastroenterologia, Pneumologia, Hematologia e Endocrinologia) em outros hospitais universitários de renome nacional. 


Silvana Chachá expõe que, para universidades que oferecem cursos de graduação em Medicina e hospitais universitários, a implementação de Programas de Residência Médica corrobora com o crescimento e a qualificação continuada do corpo clínico e do serviço oferecido à sociedade, mantendo o foco na medicina baseada em evidência (ciência), na humanização do cuidado, na qualidade técnica direcionada à excelência de maneira geral. “Nesse sentido, acreditamos que o investimento da UFSCar no campo das residências médicas trará grandes contribuições para a assistência à população de São Carlos e região, para o ensino médico e para pesquisas clínicas e básicas na área da saúde”, destaca.

Novas turmas
A próxima turma do Programa de Residência Médica da UFSCar tem início neste mês de março. Os processos seletivos para ingresso são anuais por meio do concurso nacional promovido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).