UFSCar implementa plano próprio para a gestão da pandemia nos campi

Projeto Vencendo a Covid-19 contará com ação de vigilância epidemiológica interna


A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) aprovou a criação e implementação do projeto “Vencendo a Covid-19”, que prevê estratégias e ações para enfrentamento da pandemia nos quatro campi da Universidade, visando garantir a saúde e a segurança da comunidade universitária no retorno gradual de atividades presenciais, quando houver condições para tanto, e também consolidar referência de atuação para a sociedade como um todo, inclusive para outras doenças.


“O plano foi aprovado no dia 3 de fevereiro pelo Conselho Universitário e coloca a Universidade finalmente como protagonista no enfrentamento do novo coronavírus, ao criar um serviço próprio que articula uma estrutura gestora e outra executiva, com ações para o controle interno da pandemia. Temos também a expectativa de poder apoiar a comunidade externa nos municípios de inserção da UFSCar. Esperamos, com essa ação, poder planejar com segurança o retorno das atividades presenciais, especialmente através da ação interna de vigilância epidemiológica, que será fundamental para a execução e sucesso do projeto”, afirma a nova Reitora da UFSCar, Ana Beatriz de Oliveira.


O Vencendo a Covid-19 conta com uma estrutura formada por um Comitê Gestor da Pandemia (CGP) e por um Núcleo Executivo de Vigilância em Saúde (NEVS). O Comitê Gestor vai propor as diretrizes e ações para o enfrentamento e de contingenciamento para o exercício das atividades nos campi; planejar ações de comunicação e mobilização da comunidade universitária, dentre outras atribuições. Ao NEVS cabe propor e aplicar as ações técnicas de vigilância em saúde para a contenção da transmissão comunitária do SARS-CoV-2 nos quatro campi; apresentar relatórios técnicos periódicos ao CGP; desenvolver e estimular pesquisas sobre a Covid-19 e ações de inteligência epidemiológica destinadas ao controle da pandemia.


Com o trabalho de vigilância epidemiológica, a UFSCar colocará em prática uma política de enfrentamento à pandemia da COVID-19 baseada em evidências científicas, que futuramente poderá servir como modelo para o enfrentamento de outras doenças, como a dengue e a chikungunya. A ideia é criar um modelo de gestão social interna que também poderá ser usado pela sociedade.


“O diagnóstico da situação da pandemia nos campi será uma das primeiras ações do Vencendo a Covid-19, que será colocada em prática nos próximos dias. Buscaremos meios para a testagem das pessoas com alcance populacional para toda a comunidade universitária e planejaremos adaptações nos ambientes e nas atividades para minimizar os riscos de disseminação do vírus, dentre várias outras ações”, explica a Reitora.

O plano prevê também a garantia da aplicação das regras sociais, comportamentais e de fluxo de pessoas para bloquear a circulação nos campi; vigilância epidemiológica com capacidade para impedir a transmissão comunitária com ações de bloqueio focal imediato e isolamento de potenciais transmissores e estratégias de retorno escalonado de acordo com o risco individual, ambiental e ocupacional.