[ÚLTIMA HORA] Com UTIs lotadas e aumento de 554% de casos de COVID-19, Rio Claro fecha comércio e adota alerta vermelho

Rio Claro, município que fica próximo à São Carlos, confirmou nesta segunda, 22, mais 29 casos positivos de COVID-19 de acordo com o prefeito Juninho da Padaria. A cidade pulou de 23 para 25 óbitos com a morte de um homem de 52 anos e de uma mulher de 79 anos.

O prefeito de Rio Claro anunciou que a cidade tem 79 pessoas internadas, sendo 26 no SUS e 53 na rede privada.

Hoje estão internados em UTI 26 pacientes em Rio Claro, sendo que dos leitos públicos 16 estão ocupadas e 10 na rede particular. “Com esses números atingimos 100% dos leitos destinado ao Coronavírus em nosso município”, disse.

O prefeito afirmou que está preocupadíssimo com a situação, depois da flexibilização que ocorreu 31 de maio, Rio Claro tinha 107 positivados, em apenas 22 dias chegou-se na marca de 593 casos confirmados. “São 486 novos ou seja um impacto de 554% a mais”, destacou.

Em 31 de maio eram 13 óbitos em Rio Claro, agora no dia 22, são 25 mortes em 22 dias, um aumento de 192%. Para salvaguardar vidas, a partir do dia 25 de junho, a Prefeitura de Rio Claro decreta o alerta vermelho e volta à Fase 1 do Plano SP, ou seja, somente serviços essenciais como supermercados, postos, farmácias e similares estarão abertos. A medida vale até o dia 4 de julho.