Um operário sai de casa para trabalhar e não volta mais e todos choramos essa tragédia

Acidente foi na Electrolux

Por Renato Chimirri

Um trabalhador sai de casa para ganhar a vida, em tempos tão difíceis como os de hoje e não volta ao lar no final do dia porque morreu em um acidente. Foi exatamente o que aconteceu hoje, 3, na empresa Electrolux, um operário que pertencia à uma empresa terceirizada faleceu depois de ser atingido por um caminhão.

As investigações da Polícia Civil já se iniciaram com a Perícia Técnica atuando na área onde ocorreu este triste episódio com o acompanhamento do sindicato, agora surge também a notícia que apuramos com a própria entidade de classe que também uma apuração será realizada e inclusive pode sugerir alterações com o objetivo de se evitar que esse tipo de caso ocorra novamente. É justo que o sindicato veja isso, aliás, por que não um pente fino em tudo, em todas as empresas, sempre é bom estar sabendo o que vem ocorrendo nos locais de trabalho, não é? Sabemos que o sindicato faz sua parte, mas aqui fica a sugestão, o trabalhador precisa ser protegido sempre.

São Carlos é uma cidade fabril, sempre foi e sempre será, aqui temos empresas importantes, marcas que agregam valor nacional e mundial, nós, enquanto são-carlenses gostamos e nos orgulhamos delas, mas quando um tipo de tragédia dessa acontece queremos também que tudo seja apurado e esclarecido como manda a lei. É evidente que isto não trará o trabalhador de volta, mas pelo menos será feito um esclarecimento justo dos fatos, para que outras pessoas não passem pelo mesmo infortúnio.

Quando um trabalhador de uma empresa morre em um acidente a dor é de todos, afinal essas pessoas são especiais, verdadeiros heróis que todos os dias saem cedo ou vão à noite para seus locais de trabalho dar a vida em prol do progresso da cidade e da companhia que representam.

O processo produtivo de uma empresa é gigantesco e o “gol” para usar uma linguagem acessível a todos só e marcado quando este produto chega à nossa casa, porém nós nunca pensamos como os trabalhadores sofreram para produzir aquele bem que estamos utilizando em nosso conforto. Você já pensou como é fazer uma geladeira ou lavadora de roupas? Você viveria sem isso hoje?

Pois é, vivemos o momento de pensar que as “vidas dos trabalhadores importam”, que eles são indispensáveis para o progresso são-carlense e que por isso é fundamental que todos os processos de segurança nas empresas sejam revisados e aprimorados. Fica aqui uma deferência à família enlutada, pedimos que todos possam receber o conforto nessa hora tão difícil e que a solidariedade de toda uma cidade esteja presente junto de vocês.

Como escrevi na frase acima: as vidas dos trabalhadores importam e muito!

Que tudo seja esclarecido pelas autoridades competentes.

Abaixo segue a nota da Electrolux sobre o acidente:


A Electrolux lamenta o acidente ocorrido nas dependências na fábrica de São Carlos na manhã de hoje, 03/05/2021. O acidente que ocorreu no pátio das docas e envolveu um colaborador de empresa terceirizada já está sendo apurado. Todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas e as autoridades competentes foram prontamente acionadas. A Electrolux informa que vai parar suas atividades durante o primeiro turno manhã em respeito à vítima e à empresa parceira. Nos colocamos à disposição para prestar todo o suporte necessário à família
.