Umidade relativa do ar baixa faz são-carlense sofrer com problemas respiratórios

Umidade baixa preocupa

A meteorologia informou que a umidade relativa do ar pode chegar aos 33% nesta quarta, 25, em São Carlos. Um índice preocupante para os padrões de saúde. Para piorar, não há previsão de chuva para cidade. A chuva deve aparecer somente para a primeira semana de junho.

O problema de tudo isso é que a baixa umidade do ar traz complicações alérgicas e respiratórias, além da pandemia de COVID que não acabou, e esta é uma doença viral que atinge justamente o sistema respiratório. Para complicar ainda mais a situação, as queimadas são outro fator que pode prejudicar consideravelmente a saúde das pessoas.

É fundamental que se evite exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15 horas, outra medida importante é umidificar o ambiente por meio de vaporizadores, toalhas molhadas e recipientes com água, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas.