USP de São Carlos cria descontaminador (UVC) portátil para carros que acaba com o Coronavírus

Criação da USP

Projeto insere-se no desenvolvimento tecnológico no âmbito da Unidade EMBRAPII-IFSC/USP

Na sequência dos diversos desenvolvimentos tecnológicos criados desde há cerca de um ano pela Unidade EMPRAPII “Biofotônica e Instrumentação” do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP) e tendo como foco a prevenção e o combate à COVID-19, pesquisadores do Grupo de Óptica deste Instituto finalizaram o projeto de desenvolvimento e aprimoramento de um descontaminador de ar portátil para autos.

Este novo equipamento, com base na tecnologia UVC, reforça o lote de outros já lançados anteriormente – muitos deles já disponíveis no mercado -, como são os casos dos rodos para pisos hospitalares e para pequenas superfícies e objetos, tubo endotraqueal, descontaminador de alimentos in natura, descontaminador de água e descontaminador rotativo de compras, entre outros.

O transporte de pessoas em carros, vans e ônibus muito contribui para a propagação do SARS-COV2, sendo que o ideal é deixar o veículo sempre com os vidros abertos permitindo uma grande troca de ar. Contudo, em algumas situações, isso não é possível, não só porque pode haver muita poluição no exterior, como também devido a algumas tipologias dos veículos, desejando-se, assim, manter o conforto térmico e o ar descontaminado no interior dos mesmos.

Este novo sistema, colocado no interior de automóveis, ônibus  e/ou vans, com os vidros fechados, permite que seja eliminada uma grande quantidade de microrganismos presentes no aerossol, que existe nesses ambientes internos, sanitizando automaticamente o ar e, por consequência, destruindo todo o tipo de microrganismos, como bactérias e vírus.

Para o pesquisador e docente do IFSC/USP, Prof. Sebastião Pratavieira, este novo equipamento funciona em qualquer modelo de auto, atendendo a que é alimentado por uma corrente de 12 Volts, tendo em sua gênese um aperfeiçoamento em relação a anteriores sistemas com base na radiação de LED UVC (diodo emissor de luz na região do ultravioleta C), o que o torna inovador. “Uma das características deste equipamento, já testado com sucesso em nosso Instituto, é que poderá funcionar simultaneamente com o ar-condicionado do carro ligado e que, em vez das tradicionais lâmpadas de mercúrio, ele está equipado com LED’s UVC que apresentam uma maior durabilidade. Por outro lado, este descontaminador portátil apresenta um sistema eletrônico simples e de fácil manutenção ou substituição de componentes”, salienta.

O sistema também não exige nenhuma adaptação no veículo e funciona em qualquer marca e modelo, bastando existir uma tomada de 12V – o antigo acendedor de cigarro. A concepção e construção do protótipo foi de responsabilidade do engenheiro eletrônico Daniel José Chianfrone, do Laboratório de Apoio Tecnológico (LAT) do IFSC/USP, sendo que os testes de eficácia e caracterização foram realizados pela bióloga Thaila Quatrine Correa e pelo físico Dr. José Dirceu Vollet-Filho, respectivamente.

“Um fluxo de ar muito grande e em poucos minutos todo o ar do veículo passou pelo sistemas de LED’s UVC, sendo que, além disso, o sistema também permite o acoplamento de um filtro de carvão ativado e odorizador aromatizante” salienta, por sua vez, o pesquisador Vollet-Filho.

Para que este equipamento pudesse ser rapidamente colocado ao serviço da sociedade, foi estabelecida uma parceria com a empresa Triunfo Soluções em Engenharia Indústria e Comércio, algo que acelerou todo o processo.

O lançamento oficial deste equipamento está marcado para o dia 6 de julho às 10h00, através do canal do CePOF no Youtube.

Assista (AQUI). https://www.youtube.com/sitecepof

Rui Sintra – Assessoria de Comunicação – IFSC/USP