Vereador Paraná Filho vai ao MP para barrar  “Rolê Universitário” programado para dezembro na Arena TUSCA

Vereador Paraná Filho: Pedido de intervenção do Ministério Público para impedir evento para 10 mil pessoa na pandemia

O vereador Paraná filho ingressou nesta quarta-feira (24) com uma representação ao promotor de Justiça Luciano Garcia Ribeiro para propor ao Judiciário que determine a proibição do evento universitário “O Rolê”, programado para ser realizado nos dias 3, 4 e 5 de dezembro  na Arena TUSCA em São Carlos, com expectativa de reunir 10 mil pessoas.

Paraná Filho pleiteia que o MP se manifeste à  Vara da Fazenda Pública para impedir a realização do evento até que sejam comprovadas todas as condições sanitárias do local e da estrutura a ser montada necessárias para que não haja risco de disseminação da Covid-19.

Também solicita que a Prefeitura comprove se a festa atende à legislação federal e municipal e aos protocolos sanitários e que os organizadores  apresentem projeto aprovado por engenheiro e Corpo de Bombeiros acerca da estrutura do evento e  demonstrem quantos ingressos já foram vendidos e quantos ainda estão disponíveis. Pede ainda que a Prefeitura apresente a demonstração técnica da capacidade da área da Arena TUSCA para acomodação de pessoas, de acordo com a necessidade de distanciamento, e informe sobre a estrutura que o município oferecerá à festa universitária.

O parlamentar cita a necessidade de alvará da Prefeitura para a realização do evento e afirma que “causa grande estranheza o fato de que os ingressos já estavam sendo vendidos muito antes dos organizadores terem protocolizado o pedido de alvará junto à Secretaria Municipal de Habitação do município,inclusive, tendo sido esgotado o primeiro lote”.

Na representação, Paraná Filho apresenta dados sobre a programação do evento, com apresentação de DJs, 30 horas de open bar de bebidas alcoólicas e Arena Foodtruck. “Infelizmente a Prefeitura Municipal de São Carlos parece ignorar os riscos que o evento trará para a saúde pública neste momento; conforme destaca a Organização Mundial da Saúde o mundo está prestes a enfrentar a 4ª onda da pandemia causada pelo Covid-19”, afirma o vereador.