Vereador Paraná quer saber se foram apresentados valores à Prefeitura sobre eventual compra do prédio da antiga Faber

Vereador apresentou requerimento

Um requerimento do vereador Paraná Filho solicita informações referente a possível aquisição por parte da Prefeitura do imóvel da antiga fábrica da Faber-Castell. O local seria usado como futura sede do Paço Municipal. “É função do poder legislativo municipal através da atuação dos vereadores fiscalizar, e auxiliar os atos do poder executivo municipal; e é de suma importância que tenhamos acesso as informações de todos os programas e ações em execução da municipalidade”, diz.

No requerimento, Paraná quer ser saber há processo em andamento referente a aquisição do imóvel da antiga fábrica da Faber-Castell e caso haja, encaminhar cópia integral de todos os processos referente está aquisição. “Qual a justificativa da Prefeitura para a aquisição do referido imóvel? Quais os valores apresentados pelas imobiliárias locais? No requerimento, peço para encaminhar cópia das avaliações das imobiliárias”, questiona.

Contudo, ele também o encaminhamento da cópia da avaliação feita pela Comissão de Avaliação de Imóveis da Prefeitura Municipal de São Carlos, assim como, todos os relatórios e laudos técnicos elaborados pelos engenheiros da Comissão referente a referida aquisição. “Há levantamento realizado pela Secretária de Obras referente ao custo das adequações, manutenções, entre outras intervenções a serem realizadas no referido imóvel? Quero cópia de todos os projetos técnicos, planilhas orçamentarias, memorial descritivo, laudos e pareceres dos engenheiros responsáveis sobre este assunto”, pondera.

O vereador quer saber quais repartições da Administração Pública Direta e Indireta que serão instaladas no possível novo Paço Municipal e as vantagens que terá a municipalidade na aquisição deste imóvel. “Há avaliação da Defesa Civil quanto as condições estruturais do referido imóvel? Porque não houve publicidade em relação a tramitação do referido processo para aquisição do imóvel da antiga fábrica da Faber-Castell? Caso a atual administração não pretenda enviar tais documentos, qual a justificativa para tal posicionamento?”, pergunta.