Vereador Roselei pede consulta pública sobre volta às aulas em São Carlos

Vereador quer consulta pública

O vereador Roselei Françoso (MDB), membro da Comissão Permanente de Educação da Câmara e presidente da Comissão Especial dos Assuntos da Covid-19 da OAB São Carlos, protocolou requerimento de urgência para a realização de uma consulta pública sobre a retomada das aulas presenciais em São Carlos.

O requerimento será apreciado na sessão desta terça-feira (4). Objetivo da consulta é colher a opinião da sociedade, especialmente dos pais de alunos, professores e demais profissionais da educação para auxiliar nas tomadas de decisões sobre o tema.

“Estamos vivendo um estado de calamidade pública devido à pandemia do coronavírus e infelizmente ainda não temos perspectiva a curto e médio prazo de uma vacina ou medicamento que nos traga tranquilidade”, observa o parlamentar.

Para ele, o retorno às aulas ainda não deve ocorrer porque não há mecanismos e nem experiências anteriores que garantam a segurança das crianças. “Como fazer para manter o distanciamento e uso de máscaras com as crianças da educação infantil?”, questiona.

A posição do governo estadual de retomada das aulas a partir de 8 de setembro, a depender da evolução da pandemia, está provocando intensos debates na comunidade escolar. “Como um vereador ligado à Educação meu papel é ajudar no debate e na busca pelo bom senso”, frisou.

A consulta pública irá identificar qual a relação das pessoas com a rede municipal, se elas conhecem ou não os riscos da Covid-19, se são favoráveis à retomada das aulas presenciais, se as famílias enviariam os filhos caso as aulas fossem retomadas e se as pessoas consideram as escolas de São Carlos preparadas para receber os alunos durante a pandemia.