Vítima de queda de avião em Piracicaba era acionista do Grupo Cosan

Celso Silveira Mello Filho durante homenagem em Piracicaba Crédito: Gustavo Annunciato - MTB 58.557

O Grupo Cosan divulgou uma nota sobre o acidente que matou na manhã desta terça, 14, um dos seus acionistas:

Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho (73 anos) estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu na manhã de hoje, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo.

Abaixo a nota divulgada sobre o acidente:

Uma queda de um avião matou sete pessoas em Piracicaba na manhã desta terça, 14. Segundo consta, a queda se deu em uma mata em do área do bairro Santa Rosa. Em seguida ao acidente, houve uma explosão e um incêndio.

De acordo com os Bombeiros, o avião era bimotor e levava o piloto, o co-piloto e cinco passageiros que seriam de uma mesma família, infelizmente todos morreram carbonizados. Segundo costa, o avião teria partido do aeroporto de Piracicaba com destino ao Pará, mas caiu por volta das 9 horas em uma área da Fatec.

A área foi isolada e será periciada. A perícia do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), informou em nota que foi acionada e vai para o local para “ação inicial de investigação”. As causas da queda serão reveladas após a investigação.

Com informações do G1

Foto: Câmara Municipal de Piracicaba