51% da população não quer Lula candidato, diz Datafolha

A população brasileira segue dividida quanto a disputa do ex-presidente Lula (PT) à Presidência da República. Para 47% dos brasileiros, Lula deveria disputar as eleições, já 51% acham que o petista deveria ser impedido da disputa, a diferença está dentro da margem de erro, de 2 pontos para mais ou para menos .

A pesquisa foi realizada pelo instituto Datafolha e divulgada nesta quinta-feira (01). O levantamento foi feito entre os dias 29 e 30 de janeiro, logo após a condenação de Lula na 2ª Instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região no dia 24 de janeiro de 2018. Foram ouvidas 2.826 pessoas em 174 municípios.

Na opinião de 53% dos entrevistados, Lula deveria ser preso. Porém, 44% discordam e 3% não souberam responder. Entre os grupos que mais defendem seu impedimento estão os eleitores com ensino médio (55%) e superior (67%) e trabalhadores com renda familiar mensal acima de dois salários mínimos (60%), com apoio que cresce conforme a renda (é de 70% entre os que ganham mais de 10 salários mínimos).

Segundo o levantamento, o petista tem mais apoio entre os eleitores da região Norte e Nordeste, onde 53% e 71%, respectivamente, defendem que o ex-presidente possa ser candidato. No resto do país, mais de 60% se opõem à ideia.

A parcela que diz acreditar que Lula não será preso ainda é majoritária (56%), mas encolheu 10 pontos percentuais desde setembro. Hoje 39% acreditam em sua prisão. Há 5 meses, quando foi realizada a última pesquisa, esse índice era de 28%.

ELEIÇÕES 2018

O Datafolha também divulgou uma pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República. Lula ainda lidera a disputa, mesmo condenado em 2ª Instância. O ex-presidente, no entanto, perdeu força como cabo eleitoral. Fora do páreo, o deputado Jair Bolsonaro (PSC) lidera a disputa.

Fonte: Poder 360

Foto: AFP PHOTO / Nelson Almeida